Resenha: O livro anti-insônia: Para colorir e relaxar

livro-anti-insoniaEu tenho adoração por livros interativos, principalmente por aqueles que estimulam a criatividade. Sempre tive curiosidade para ver como funciona os livro para colorir, entretanto como ainda não terminei o meu destrua este diário não estava nos meus planos comprar outro livro interativo.

livro-de-colorirEis que a minha irmã ganhou um livro para colorir, onde diferente dos outros sua proposta vai além de relaxar e estimular a criatividade, pois com todas as ilustrações místicas/zen ele é especial para noites de insônia.o-livro-anti-insonia-para-colorir-e-ralaxar

livro-de-colorir unicornio

O livro é composto por inúmeras ilustrações para serem coloridas, todas com um estilo good vibes (com filtro dos sonhos, mandalas, penas, animais, galaxias, etc).

livro-de-colorir-gato

livro-de-colorir-pena

A maioria das ilustrações são bem detalhistas, mas há páginas com poucos elementos para colorir, e eu sinceramente adorei isso pois assim é possível terminar de pintar uma página inteira em uma única noite.

Espero que vocês tenham gostado das fotos, e se vocês estiverem procurando um livro para colorir super recomendo este, para se inspirar, relaxar e possivelmente ter bons sonhos!

Anúncios

Resenha: Aconteceu em Woodstock

resenha-aconteceu-em-woodstockNa maioria das vezes que estou sem um livro pra ler meu hobbie é pesquisar sobre fatos históricos, me fascina saber sobre as bandas dos anos 60 aos 90, e o modo como as pessoas viviam em cada época.
Me lembro que estava  pesquisando bastante sobre o movimento hippie nos anos 60-70 e claro escutando músicas das bandas da época.
Então pensei por que não ler um livro assim que conte o movimento contra-cultura e principalmente o modo de pensar e viver dos hippies? E me deparei com o livro Aconteceu em Woodstock, logo pesquisei  sobre o assunto e vi que se tratava do maior festival da história da música (fiz ate um trabalho escolar no ano passado sobre o evento).
resenha-aconteceu-em-woodstock
Depois de horas lendo sobre como ocorreu o festival de Woodstock, li algumas resenhas sobre o livro, embora tenha lido poucas achei muito interessante e estava decidida em comprar o livro, porém estava custando uns 35 reais e resolvi esperar baixar o preço, e olha que sorte, comprei ele por 13 reais na black Friday do ano passado.
resenha-aconteceu-em-woodstockOs aspectos gráficos do livro são ótimos, tem orelha, e a capa e lombada tem cores vibrantes porém sem verniz.
As folhas são amareladas, a fonte o o especamento são bons e o que eu achei muito legal foram os símbolos usados para separar um acontecimento de outro.resenha-aconteceu-em-woodstock
 ☮  ☮  ☮
O livro é narrado pelo Elliot Tiber (digamos que aconteceu em Woodstock seja uma autobiografia, pois o autor narrou desde sua infância até alguns anos após o festival) um designer de interiores que também era era presidente Câmara de Comércio e ainda  trabalhava na recepção do hotel falido dos seus pais, onde até a metade do livro ele conta como as pessoas viviam na época, a questão da homossexualidade, das drogas, da repressão dos policiais e militares, do final da Guerra do Vietnã, e na outra metade sim ele conta a repercussão do festival de Woodstock, e como a sua vida e a de muitas pessoas mudaram completamente durante e após o evento que marcou uma nação.
Adorei ler sobre os preparativos para o evento e sobre o que realmente aconteceu naqueles 3 dias de paz e música, o autor conseguiu esclarecer algumas coisas que ficaram mal explicadas nos relatos sobre o festival.
O livro aborda temas bem polêmicos, e o que me incomodou um pouco foi o fato de que na sinopse do livro diz que é só  sobre como aconteceu o festival, e não menciona que trata-se também de uma autobiografia do Elliot, mas apesar disso o livro é maravilhoso e de certa forma me fez querer ainda mais ter vivido naquela época para prestigiar o festival e conhecer aquelas pessoas que buscavam a liberdade, curtiam boa música e não tinham  preconceito e sim cultivavam o pensamento de igualdade.
☮  ☮  ☮livro-aconteceu-em-woodstock
Existe o filme Aconteceu em Woodstock baseado no livro, assisti faz alguns dias e é maravilhoso, foi totalmente fiel ao festival, mas há uma diferença entre o livro, pois no filme não conta a infância do Elliot até a vida adulta, mas somente a partir dos preparativos do festival, e acho que isso foi irrelevante, já que o tema principal é o festival de Woodstock.
Enfim espero que tenham gostado da resenha, recomendo o livro a todos que queiram saber mais sobre o movimento hippie ou simplesmente entender a história do festival.
Beijos!

Resenha: Belleville

resenha:belleville-primavera-de-99Já faz um tempinho que li este livro mas ainda não tinha feito a resenha. Belleville trata-se de um romance/drama diferente de todos os livros do gênero que eu já li, e se tornou um dos meus livros favoritos.
resenha:belleville-primavera-de-99
O livro é muito bem feito, capa com verniz localizado, orelhas, folhas amareladas e espaçamento ótimo.
resenha:belleville-primavera-de-99
Belleville conta a história de Lucius e Anabelle e é narrado por ambos.
Lucius esta prestes a entrar pra faculdade de matemática , e para cursar sua faculdade dos sonhos ele tem que se adaptar a morar sozinho longe do pai. Alugou uma antiga mansão com um patio enorme mas que precisava de reformas pois não tinha nem energia elétrica ( foi a casa que ele teria condições de pagar até terminar de cursar a faculdade).
Os primeiros dias na faculdade não foram nada surpreendentes, não fez amigos e já de inicio foi perseguido e agredido verbalmente e fisicamente, tudo o que ele vivenciou no seu terrível ensino médio estava se repetindo, e estava sendo pior.
Um dia Lucius resolveu explorar a imensa casa que estava morando, e encontrou no patio um galpão com uma motocicleta antiga (diga-se vespa) e diversos papeis com desenhos e anotações, e do lado de fora pilares de madeira de diversos tamanhos presos no chão.
Lucius foi a biblioteca da casa ver se conseguia alguma informação do que fora aquilo tudo e encontrou a foto de uma garota ao lado da construção enterrando uma caixa perto de um dos pilares, como ele era bom em matemática logo fez sua teoria baseando-se na altura da garota e descobriu ao lado de qual dos diversos pilares fora enterrada  a caixa , ele a abriu e para sua surpresa havia um carta escrita por Anabelle (a garota da foto) pedindo para quem estivesse lendo a carta que desse continuidade a construção de seu pai, que infelizmente não pode finaliza-la, mas não era qualquer construção e sim uma montanha – russa denominada Belleville.
Apesar de Lucius ficar comovido com a história da garota ele não teria condições de ajuda-la mas fez questão de escrever uma carta e por na caixa para um próximo morador abri-la e por fim dar vida a montanha-russa Belleville.
 Alguns dias apos enterrar a sua carta Lucius foi ao quintal e viu que alguém havia cavado  recentemente, ele resolveu ver se ainda estava como havia deixado e viu que a sua carta não estava mais ali e sim outra escrita por Anabelle há 50 anos atrás.
Enfim, não vou contar mais para não dar spoiler, e durante o livro todo fiquei com muitas duvidas, Anabelle existe mesmo? esta viva ou não? Belleville será construída?
resenha:belleville-primavera-de-99
Quando estava lendo fiquei muito curiosa para saber o fim da história e li as ultimas paginas pois ia ter que sair e não iria conseguir terminar de ler, e sabe o que aconteceu? odiei o livro, meu coração estava acelerado e eu fiquei extremamente triste e nem queria mais ler as páginas que não deu tempo de ler naquela hora.
Maaas depois que me acalmei emocionalmente depois daquele final terrível resolvi ler aquelas paginas que faltavam , e me surpreendi, entendi tudo errado do final, e ao contrário de antes dessa fez as lagrimas correram de felicidade, e amei, amei o livro. resenha:belleville-primavera-de-99
Enfim o livro é ótimo, cheio de emoções, e super recomento só não da para pular para as ultimas páginas.
Para ver detalhes das roupas que estou usando aqui.
Beijos!

Resenha: A menina que colecionava Borboletas

A menina que colecionava BorboletasAcho que a maioria de vocês que estão lendo o post sabem quem é a autora do livro, Bruna vieira uma das blogueiras mais influentes do Brasil e do mundo, com vinte anos a autora e blogueira teve que tomar algumas decisões difíceis como se mudar para capital onde não conhecia quase ninguém, deixar a família e morar sozinha, se deparar com separações que nem ela mesma poderia imaginar que iriam acontecer, já ter alguns livros publicados e por fim depois de muitas emoções em poucos anos a Bruna vem guardando em si diversos sentimentos (diga-se borboletas).
LiVRO A MENINA QUE COLECIONAVA BORBOLETAS
O livro reúne uma sequencia de crônicas, algumas já publicadas no blog outras inéditas, em que na grande maioria trata de desilusões amarosas das quais  fiquei muito curiosa em saber se eram reais ou fictícias, suponho que um pouco dos dois, mas também tem várias sobre amizades, adaptações em novos ambientes, enfim, as crônicas foram todas muito bem escritas e assim como eu, tenho certeza que você vai se identificar em alguma delas.livro a menina que colecionava borboletas
Livro Bruna vieiraO livro é lindo, a capa é sem duvidas uma das mais lindas da minha estante, as borboletas e as letras possuem verniz localizado.
livro a menina que colecionava borboletas
Além das lindas ilustrações e frases inspiradoras, teve um trecho que me chamou a atenção:
” Se a vida fosse um ônibus, eu diria que somos todos passageiros. Alguns descem mais cedo. Outros nos fazem querer mudar de lugar. Ora estamos distraídos olhando através da janela, ora só queremos um pouco de conversa fiada para o trajeto parecer mais curto. Às vezes, adormecemos sem querer  no ombro de um desconhecido, às vezes fechamos os olhos por querer. O importante, eu diria, é continuar sentindo vontade de chegar a algum lugar”.
borboletas
Espero que tenham gostado da resenha e das fotos, comentem se já leram ou se vão ler, e até o próximo post!